Refinar

  • Sabor 0

    Sabor

  • Volume 0

    Volume

  • Tipo de Produto Nutricional 0

    Tipo de Produto Nutricional

  • Preço 0

    Preço

  • Dieta 0

    Dieta

Ácidos Gordos Essenciais

41 resultados

Os ácidos graxos essenciais ajudam a regular várias funções corporais, incluindo a produção de hormonas e de energia. Eles são chamados 'essenciais' porque não podem ser produzidos pelo corpo e por isso têm de ser obrigatoriamente consumidos através da dieta.

Os alimentos que fazem parte da nossa dieta são tradicionalmente compostos por três tipos de gorduras:

• Gordura saturada, presente principalmente em fontes animais, incluindo queijo, manteiga e carne vermelha.

• Gordura monoinsaturada, que pode ser encontrada no azeite.

• Gorduras poliinsaturadas, que são o principal constituinte do marisco (peixes, crustáceos e moluscos), mas também podem ser encontradas em menores quantidades nos frutos secos e em alguns óleos vegetais, tais como o óleo de milho ou de girassol.

Benefícios do óleo de peixe

O óleo de peixe contém um poderoso ácido graxo poliinsaturado chamado ómega-3. O ómega-3 é um tipo de gordura saudável com propriedades anti-inflamatórias que contribui para a saúde cardiovascular, reduzindo o colesterol 'mau' e os níveis de triglicérideos (*1), (*2). Do outro lado da moeda temos o ómega-6, um ácido gordo poliinsaturado pró-inflamatório encontrado na maioria dos óleos vegetais.

A chave para garantir uma dieta saudável é consumir uma proporção adequada de ómega-3 e ómega-6. Especialistas em saúde recomendam um rácio de ómega-3 para ómega-6 de 1:4. Ou seja, consumir no máximo uma quantidade de ómega-6 até quatro vezes mais do que ómega-3.

O grande problema é que as dietas modernas de hoje em dia tendem a ter um rácio totalmente desiquilibrado de 1:10 a 1:20, o que acabará por gerar problemas de saúde e doenças cardiovasculares.

Para corrigir este desequilíbrio é necessário aumentar o consumo de alimentos ricos em ácidos gordos ómega-3 e/ou reduzir o consumo de alimentos ricos em ómega-6.

Melhor suplemento de ómega-3

Existem três principais tipos de ácidos graxos ómega-3: ácido eicosapentaenóico (EPA), ácido docosahexaenóico (DHA) e ácido alfa-linolénico (ALA). Os dois primeiros podem ser encontrados em alimentos marinhos enquanto que o último é geralmente encontrado no óleo de sementes de linho e nas nozes. O EPA e o DHA são ácidos gordos poderosos que podem reduzir o risco de ataques cardíacos e de AVCs (*3), (*4) e prevenir doenças neurodegenerativas (*5).

Que quantidade de ómega-3?

A dose de EPA e DHA atualmente recomendada para um adulto é de 400 a 500 mg / dia, o equivalente a consumir três unidades de qualquer peixe gordo por semana (*6). Como alternativa, você pode consumir ómega-3 sob a forma de suplementos.
__________________________________________________________________________________________
 
Referências:

(* 1) - Arteriosclerose. 1984 May-Jun; 4 (3): 270-5
(* 2) - Subcell Biochem. 2008; 49: 133-43
(* 3) - Am J Clin Nutr junho 2006 vol. 83 sem. 6 S1477-1482S
(* 4) - J Nutr. 2012 Mar; 142 (3): 614S-625S
(* 5) - Curr Alzheimer Res. 2010 May; 7 (3): 190-6
(* 6) - Circulation. 2002 Nov 19; 106 (21): 2747-57

*Estas declarações não foram avaliadas pelo Departamento de Segurança Alimentar. Este produto não se destina a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença.

Ler mais